Meio ambiente & Qualidade de Vida

A Escola Municipal de Educação Básica Profª. Maria Barbosa Martins, com o apoio da Secretaria Municipal de Educação e Cultura de Várzea Grande fora parceira na realização das oficinas de Estudos socioeconômico dos Pescadores  e Comunidades Ribeirinhas, neste  último dia 04 de Junho, em sua  sede  escolar no Distrito de Bonsucesso.  O evento iniciou seu preparativo na localizada, ainda no mês de fevereiro com a realização de diversos encontros com as lideranças locais, membros das colônias de Pescadores Z-14, Governo Federal – Ministério da Ciência e Tecnologia / UFMT.
Na oportunidade nossa Unidade Escolar, recebeu a presença, pescadores da baixada cuiabana, membros da Universidade Federal de Mato Grosso; os nossos alunos matriculados no 1º, 2º e 3º Ciclo do Ensino Fundamental, nossos docentes. Tivemos  ainda a presença  de docentes Universitários de paises  como: Suíça África do Sul, Espanha.
Como parceiros da  realização deste   Projetos  em nossa  Comunidades Ribeirinha, a Equipe  do Centro de  Pesquisa do Pantanal/UFMT, pode contar com o espaço de nossa  Unidade Escolar,  com a disponilizçaão da  Rede de  Internet com  acesso sem fio,  Equipamentos de multimídia  e micro computadores, bem como com a colaboração da  Equipe de profissionais  da Educação  no atendimento  durante o  dia  na limpeza e alimentação. Foram servidos 200  refeições: café da manhã,  almoço  e  lanche  no período vespertino.   A Prefeitura Municipal de Várzea Grande, através da Secretaria Municipal de Educação, foram importante parceiro na garantia de transporte para a comunidade escolar, bem como garantindo  o principal da  alimentação para  o  evento.  
As oficinas direcionadas aos pescadores versaram sobre: a Privatização da Margem dos Rios; Assoreamento, Poluição da Água, escassez do Peixe e Economia Pesqueira. Foram cinco grupos de estudos e debates, com duração de oito horas de intensos trabalhos de formação e orientação  ao  homem  ribeirinho e pescador.
Tendo como base a Programação abaixo, os docentes e discentes de nossa Unidade Escolar, foram contemplados com as seguintes oficinas de formação e orientação, através das ações  do  PET -PROGRAMA .  DE EDUCAÇÃO  TUTOTIAL, O Programa foi criado para apoiar atividades acadêmicas que integram ensino, pesquisa e extensão. Formado por grupos tutoriais de aprendizagem, o PET propicia aos alunos participantes, sob a orientação de um tutor, a realização de atividades extracurriculares que complementem a formação acadêmica do estudante e atendam às necessidades do próprio curso de graduação. O estudante e o professor tutor recebem apoio financeiro de acordo com a Política Nacional de Iniciação Científica.



O Centro de Pesquisa do Pantanal – CPP – O que é?

Uma organização independente, com enfoque humanista e sem fins lucrativos. Seu propósito maior é a promoção da cidadania, que no século XXI, tem na questão ambiental seu ponto chave.
Funcionando em estrutura de rede, o CPP está fortemente calcado em parcerias governamentais e não governamentais dos estados de Mato Grosso e Mato Grosso do Sul, contando também com o apoio de setores do governo federal.
Dentro desta perspectiva, o CPP busca contribuir para o bem estar da população pantaneira, tendo em vista a sustentabilidade da região, reconhecendo a dimensão internacional do Pantanal, um bioma compartilhado pela Bolívia, o Brasil e o Paraguai e que também desempenha uma função de regulador hidrológico para todo o sistema fluvial Paraguai-Paraná. Assim, o CPP atua em nível internacional nos paises da bacia do Prata através do Programa Regional Ambiental do Pantanal (PREP),  - www.cppantanal.org.br  em parceria com a Universidade das Nações Unidas. Buscando atuar em sintonia com os interesses da comunidade, o CPP tem na participação comunitária um elemento chave na sua postura perante a sociedade, objetivando sempre o alcance da eficiência, eficácia, efetividade e economicidade e dando transparência às suas ações.
Tendo em mente a máxima “pense globalmente e aja localmente”, o CPP procura atuar de maneira a que qualquer região úmida do planeta possa tirar proveito dos conhecimentos aqui adquiridos, fomentando a solidariedade e promovendo princípios éticos e humanitários.


Rede de Pesquisas: Pesca, Pecuária e Atividades econômicas alternativas no Pantanal.


Além das suas atividades no seio da Rede Mundial de Centros e Programas de Pesquisas da Universidade das Nações Unidas, através do UNU-PREP, o CPP, em parceria com o Ministério da Ciência e tecnologia, desenvolve um grande programa de pesquisa sobre a pecuária, a pesca e as atividades econômicas alternativas no Pantanal.
Este Programa efetua pesquisas e capacita profissional de diversas áreas – ecologia, economia, engenharia, direito, administração, etc – visando contribuir para a elaboração e a execução de políticas públicas que promovam a cidadania e o bem estar das populações da região.
A atuação é através de rede de cooperação horizontal e não competitiva, de forma a aproveitar as vantagens das instituições integrantes de sua rede, garantindo ao CPP o máximo proveito de seus recursos, evitando redundâncias e promovendo o trabalho cooperativo.
Buscando atuar em sintonia com os interesses da Comunidade  o CPP tem na participação  Comunitária um elemento-chave na  sua postura  perante a sociedade, objetivando sempre  o alcance da  eficiência,  eficácia, efetividade e economicidade e dando transparência às  suas ações.


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Oficinas de Cururu e Siriri

Projeto Hispano Hablante

Projeto " Xô Mosquito da Dengue"