Como surgiram os apelidos?
Não se sabe ao certo quando surgiram, mas acredita-se que existam há centenas de anos. Estão ligados à origem dos sobrenomes. No passado, eram os apelidos que ajudavam a diferenciar o nome das pessoas. Na Espanha e em Portugal, por exemplo, acrescentavam as terminações ez e es ao nome do pai; Antunes era o filho de Antônio, enquanto Sanchez, o de Sancho.

Outro modo de denominar alguém era pelo lugar de nascimento ou moradia. Alguns portugueses podiam ganhar o apelido de Coimbra, Lisboa, Resende ou Alcântara (cidades do país). Havia ainda os que recebiam por causa da profissão, como Ferreira (vem de ferreiro) ou Barbeiro. Um lenhador podia ser chamado de Pinheiro e um caçador de Raposo ou Lobo. Na França, eram comuns nomes como Fritier, que significa vendedor de peixe frito.

A característica física e a personalidade eram outras formas de nomear. O rei Pepino, o Breve, que governou os francos dos anos 751 a 768, era baixinho; por isso, o apelido. Ricardo I, que reinou na Inglaterra no século 12, foi chamado de Coração de Leão, pois era considerado muito corajoso.

OFICIAL
Com o passar dos anos, a população mundial cresceu e, assim, foi necessário acrescentar mais um nome ao registro. Antes, cada pessoa tinha apenas um, como Maria ou João. Somente no século 15, o apelido tornou-se oficial. Tanto que em Portugal e na Espanha, a palavra apelido significa sobrenome.

Atualmente, também serve para diferenciar pessoas, principalmente quando há dois amigos com o primeiro nome igual. Às vezes, até os pais nos chamam de modo diferente. Pode ser que José torne-se apenas Zé, e Renata seja Rê ou Renatinha. Esse tipo de apelido é denominado hipocorístico; significa que quem o chamou demonstra carinho ou intimidade.
Em Bonsucesso temos algo bem interessante praticamente cada morador possui um apelido e que muitas vezes quando procurado pelo nome ninguém o reconhece. Temos uma amostra dos apelidos dos ilustres moradores deste amado Distrito.













Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Projeto Hispano Hablante

Projeto “O despertar da Identidade Afro-brasileira”

Escola Sustentável