Postagens

Mostrando postagens de Setembro 9, 2016
Imagem
      Como surgiram os apelidos? Não se sabe ao certo quando surgiram, mas acredita-se que existam há centenas de anos. Estão ligados à origem dos sobrenomes. No passado, eram os apelidos que ajudavam a diferenciar o nome das pessoas. Na Espanha e em Portugal, por exemplo, acrescentavam as terminações ez e es ao nome do pai; Antunes era o filho de Antônio, enquanto Sanchez, o de Sancho.

Outro modo de denominar alguém era pelo lugar de nascimento ou moradia. Alguns portugueses podiam ganhar o apelido de Coimbra, Lisboa, Resende ou Alcântara (cidades do país). Havia ainda os que recebiam por causa da profissão, como Ferreira (vem de ferreiro) ou Barbeiro. Um lenhador podia ser chamado de Pinheiro e um caçador de Raposo ou Lobo. Na França, eram comuns nomes como Fritier, que significa vendedor de peixe frito.

A característica física e a personalidade eram outras formas de nomear. O rei Pepino, o Breve, que governou os francos dos anos 751 a 768, era baixinho; por isso, o apelido. Ricardo I,…